Saiba o que Fernando Haddad e Jair Bolsonaro pretendem fazer em relação à economia do país e quais os impactos destas propostas na vida das pessoas

As eleições presidenciais chegaram ao segundo turno e compreender o que os candidatos propõem para tirar o país da crise é primordial na hora da escolha. Muita coisa está em jogo e a prioridade deve ser tirar a população da miséria e desemprego que se instalou com a adoção das medidas de austeridade, como a Emenda Constitucional 95, do governo Michel Temer, que congelou os investimentos públicos por 20 anos.

Políticas de austeridade se baseiam na ideia de cortar gastos e realizar privatizações de bens públicos como único caminho para sair de uma crise econômica. Porém, o resultado foi exatamente o contrário e o Brasil afundou ainda mais na crise.

A mortalidade infantil voltou a crescer depois de 26 anos. O desemprego chegou a mais de 13 milhões de pessoas. Quase 3 milhões de crianças e adolescentes estão fora da escola. O país pode voltar ao mapa da fome. Mais de um milhão de pessoas passaram a viver em situação de extrema pobreza, totalizando quase 15 milhões de brasileiros sobrevivendo com apenas R$ 136 por mês.

O Brasil está à beira de um colapso e medidas urgentes precisam ser tomadas. O próximo presidente terá um grande desafio. Entenda as principais propostas dos candidatos para a economia do país e para a vida das pessoas.

Você pode também consultar os planos de governo dos candidatos no site oficial do Tribunal Superior Eleitoral.

 

Share This

Share This

Share this post with your friends!